Circuitos e Tours

Funchal – Monte

Cidade do Funchal é a anfitriã de todo o arquipélago da Madeira, atrai o visitante para estadias mais prolongadas e é o ponto de partida para toda a ilha.

A visitar no monte:

  • Jardim municipal;
  • Jardim Tropical Monte Palace;
  • Quinta dos Jardins do Imperador;

Opção 1. Aconselhamos a fazer a descida do monte nos carros de cesto com os carreiros do monte para uma experiência radical usando o meio de transporte mais pitoresco da Ilha da Madeira.

Opção 2. Para uma descida mais suave poderá também usar o teleférico do jardim botânico aproveitando assim para visitar esse mesmo Jardim que alberga uma fascinante coleção de espécies de variadíssimas plantas e um museu de história natural.

Pico dos Barcelos – Curral das freiras –– Eira do Serrado - Pico do arieiro

Miradouro do Pico dos Barcelos poderá usufruir de uma das melhores vistas de toda a cidade do Funchal, onde encontra algumas lojas de souvenirs e café;

  • Seguindo a estrada para o interior da Ilha irá encontrar e passar por um túnel (caminho único de entrada e saída da freguesia) pode visitar a freguesia do Curral das freiras conhecida pela sua gastronomia, doces e licores usando Brigalhó e Castanhas.
  • Voltando ao caminho principal e após o fim do túnel virando á sua direita irá encontrar no fundo da estrada a estalagem da Eira do Serrado e o respectivo Miradouro da Eira do serrado onde será deslumbrado por uma paisagem natural de tirar o folgo no centro dessa mesma paisagem encontra a freguesia do Curral das freiras ;
  • Para finalizar o seu dia o Pôr do sol no Pico do areeiro é recomendado, a forma mais rápida e de grande beleza natural para lá chegar é através de uma estrada de ligação entre a Eira do Serrado e o respetivo Pico do areiro, apenas aberta entre as 9h e as 19h.

Câmara de Lobos – Cabo Girão

Câmara de Lobos é uma cidade pescatória e um dos polos mais emblemáticos da ilha da Madeira devido ás sua paisagens, gastronomia e tradições.

O que pode visitar em Câmara de Lobos:

  • Miradouro do Salão ideal;
  • Miradouro de Winston Churchill;
  • Largo do poço, onde encontra vários bares e restaurantes com as bebidas mais tradicionais da ilha nomeadamente a Poncha e a Nikita;
  • Praia do Vigário;
  • Ilhéu de Câmara de Lobos;
  • Como opção para visitar o miradouro do cabo girão sugerimos a viagem no Comboio (Madeira Green Train) para dessa forma poder usufruir na totalidade das paisagens;
  • De volta ao centro poderá ainda optar por visitar o miradouro da Torre e o miradouro do Rancho antes de sair da cidade.

São Vicente – Grutas de São Vicente – Encumeada – Paul da serra

  • Na zona norte da ilha, a capital da laurissilva é um cenário de variadas atrações, a começar pela pelo Centro de Vulcanismo e pela Rota da Cal onde podemos comtemplar espaços anteriormente sujeitos à extração de recursos minerais, como as minas de calcário, passando pela Encumeada, no coração da Floresta Laurissilva onde poderá ter acesso a vários caminhos tradicionais como Caminho do Pináculo e Folhadal, Boca da Encumeada e caminho do norte.
  • Paul da Serra é o mais extenso planalto da ilha da Madeira com cerca de 24 km², com uma altitude média de 1500 metros. O seu ponto mais elevado é o pico Ruivo do Paul, com 1640 metros, onde pode admirar a extensão de todo o planalto e em dias bons dias de sol, pode observar o mar da costa sul e norte.

Seixal – Ribeira da janela – Porto moniz - Paúl da Serra

Seixal, é a maior freguesia do município de Porto Moniz, é uma terra com recursos naturais, como um viveiro de trutas na zona do Chão da Ribeira. Seguindo pela estrada entre São vicente e Seixal encontra um miradouro de onde pode ver a cascata do Véu da Noiva, mais uma das atrações locais. Pode visitar a Igreja de Santo Antão e mergulhar nas piscinas naturais vulcânicas e praias com paisagens deslumbrantes como Poças das Lesmas, praia da lage, praia do porto do seixal e piscina natural do Clube Naval do Seixal, onde aprecia as belas vistas do mar e da montanha do norte da Madeira. Aqui poderá encontrar a Floresta Laurissilva ( Patrimônio Natural Mundial da UNESCO) e a área do Fanal, incluída no roteiro de várias caminhadas.

No centro do Porto Moniz desfrute das piscinas naturais de água salgada cristalina, conheça o Aquário situado no forte de são joão batista e as 50 espécies expostas em 12 tanques temáticos e sinta a adrenalina de uma viagem no teleférico das Achadas da Cruz para assim desfrutar de uma bela vista sobre a natureza.

Ponta de São Lourenço – Caniçal - Portela – Machico

Ponta Delgada - Arco de São Jorge - Porto da Cruz - Pico do Facho

  • Ponta Delgada é uma agradável localidade da Costa Norte da magnífica Ilha da Madeira, pertencente ao concelho de São Vicente, de feição redominantemente rural. É famosa pelo seu complexo balnear de piscinas de água salgada, e uma praia protegida das marés e ventos fortes, situada numa baía e orgulha-se da sua Igreja Matriz, das Capelas do Imaculado Coração de Maria e dos Reis Magos, do Museu D. Hilária Freitas ou a Casa Museu Horácio Bento Gouveia.
  • Arco de São Jorge é uma freguesia do concelho de Santana, situada entre o azul do Oceano Atlântico a norte e o verde montanhas a sul, a nordeste da fantástica Ilha da Madeira, esta possui bonitas quintas a visitar, como a Quinta do Arco que apresenta um dos maiores jardins de roseiras da Europa, ao seu lado existe uma Casa de Chá, onde pode descansar e contemplar a vista sobre a natureza. Outros locais de interesse são o miradouro das Cabanas, a Igreja paroquial, o Museu do Vinho e da Vinha e a Praia do Arco de São Jorge
  • Porto da Cruz é uma vila portuguesa pertencente ao concelho de Machico, a cultura da cana de açúcar é uma das principais actividades da região, não esquecendo o vinho seco local que tem vindo a se tornar popular.
  • Miradouro do Pico do Facho situa-se a norte de Machico, num caminho que, antes de chegar ao túnel do Caniçal, segue até ao cume do Pico do Facho. A partir daqui pode contemplar a vista panorâmica do vale de Machico, que se estende até aos picos da zona central da ilha e abrange a Ponta de São Lourenço.

Ribeira Brava - Ponta do Sol – Moledos – Madalena do Mar - Calheta – Prazeres

  • O concelho da Ribeira Brava tem uma área de cerca de 65,10 km2 e sutua-se na costa sul da Ilha da Madeira a sua principal atividade é a agricultura.
  • Ponta do Sol é considerado o concelho mais quente da ilha e onde o sol brilha durante maior número de horas, a sua atividade principal é a agriculturacom a produção de banana e cana de açucar. Pode ainda visitar o cais da Ponta do Sol, a Lagoa do Lugar de Baixo e o Centro de Floricultura Subtropical.
  • O Miradouro Trigo de Negreiros, entre a Ponta do Sol e a Madalena do Mar no Sítio dos Morenos e apresenta uma vista panorâmica sobre a Madalena do Mar.
  • Madalena do Mar foi uma vez um importante centro de produção de cana-de-açúcar. Aqui pode passear pela promenade ao longo da praia de calhau, enquanto desfruta da paisagem que combina o mar azul e as montanhas verdes e, ao longo do caminho, encontra vários restaurantes e bares, e a igreja de Santa Madalena.
  • Prazeres é o paraíso para muito turistas e locais que não dispensam umas férias relaxadas, o seu clima ameno e a beleza paisagística são, sem dúvida, dois pontos fortes desta zona também muito procurada pela qualidade dos restaurantes. Aqui, pode ainda visitar a Quinta Pedagógica dos Prazeres e, por um preço simbólico, contribuir para a preservação da flora e dos animais que ali são acolhidos. Nas imediações da Quinta, situa-se a Igreja Paroquial de Nossa Senhora das Neves.

Calheta – Jardim do Mar – Paul do Mar – Ponta do Pargo

  • O concelho da Calheta localiza-se entre o sul e o extremo oeste da ilha da Madeira e a sua área, de aproximadamente 116 km², tornando-se o mais extenso da Região Autónoma da Madeira. Pode visitar o Centro das Artes “Casa das Mudas”, um projeto concebido em completa harmonia com a paisagem envolvente e que apresenta uma vasta oferta cultural.
  • O Jardim do Mar rodeado pelo mar e 'pressionado' pelas montanhas, preserva a tranquilidade dos bons velhos tempos, que podemos comprovar nas estreitas ruas típicas e nas casas baixas, com diferentes formatos de chaminés. Tem vindo a ganhar algum relevo entre a comunidade surfista, devido à sua localização, é um local privilegiado para receber "swells" do Atlântico Norte e tem todo o tipo de ondas, desde "point breaks" a "reef breaks".
  • O Paul do Mar é um dos centros piscatórios mais importantes do arquipélago. O mar deu a esta freguesia uma incrível variedade de peixe que, consequentemente, a tornou uma referência no mundo da gastronomia
  • Ponta do pargo situa-se no extremo Sudoeste da Ilha, a costa marítima da Ponta do Pargo era extremamente perigosa para a navegação, razão pela qual foi construído um Farol, no alto do rochedo (Ponta da Vigia), inaugurado a 5 de Junho de 1922, sendo assim uma zona distinta de todas as restantes da Madeira, silenciosa e original, talvez um dos melhores lugares para assistir a um por do sol.

Santa Cruz – Santo da serra – Ribeiro Frio – Poiso

  • Santa Cruz, situado a cerca de 18 km da capital, que se localiza o Aeroporto Internacional da Madeira. Pode encontrar a conhecida Praia das Palmeiras, de formação rochosa e com duas piscinas, também um novo complexo balnear, situado junto da Ribeira da Boaventura, com piscinas, solários, balneários e zona de restauração. Entre a zona náutica e a área das piscinas encontra-se uma pequena bacia protegida que permite o acesso ao mar em segurança. Existe ainda o Aquaparque, que se localiza ao lado do Complexo Balnear da Ribeira da Boaventura, onde encontra cinco tobogãs e quatro pistas rápidas, duas piscinas, sendo uma delas para crianças (Aqualândia Infantil), um rio lento que circunda as piscinas, um bar e zonas balneares.
  • Santo da serra é um pequena freguesia onde podemos a Quinta do Santo da Serra, onde os caminhos são delimitados por maravilhosas camélias. Além de ter plantas exóticas e indígenas, o parque tem uma pequena variedade de animais, incluindo cavalos, patos e pavões. O fim de semana é uma boa altura para fazer a visita, uma vez que os habitantes locais montam um de mercado, onde se pode adquirir comida, produtos alimentares e outros artigos por um preço bastante acessível. A cerca de 1500 metros do centro, encontrará o campo de golfe do Santo da Serra. O pêro regional é um dos grandes símbolos locais, dando lugar à famosa Sidra do Santo da Serra.
  • Poiso situa-se em cima na montanha, onde encontramos a recuperação de um velho edifício com gastronomia tradicional da região, após uma quente e boa refeição perdemo-nos lá fora pois a paisagem é fantástica.

Camacha - Pico do Arieiro - Ribeiro Frio – Faial – Santana

  • Camacha é uma pitoresca vila do concelho de Santa Cruz, situada no interior da Ilha da Madeira, a mais de 700 metros de altura, sendo famosa pelas suas tradições e folclore, está rodeada de pequenas locais de grande valor natural como o Poiso e o Montado do Pereiro.
  • Miradouro do Pico do Areeiro, situado a 1818 metros de altitude, dá-nos uma vista fabulosa sobre o centro da ilha da Madeira, este situa-se no segundo pico mais alto da ilha da Madeira e aqui podemos iniciar um dos mais procurados e espetaculares percursos pedestres em direção ao ponto mais alto do arquipélago, o Pico Ruivo, com 1.862 metros.
  • No Parque Florestal do Ribeiro Frio poderá observar a flora da floresta Laurissilva, fazer caminhadas a pé e visitar o Posto Aquícola do Ribeiro Frio, que produz trutas para o repovoamento das linhas de água da Ilha da Madeira.
  • Santana, situada na costa norte da ilha da Madeira, os seus habitantes preservaram caraterísticas tradicionais sem influências exteriores, como o estilo arquitetónico das suas casas típicas com teto coberto de colmo, mais conhecidas por “casinhas de Santana”. Em junho de 2011 recebeu a distinção de “Reserva da Biosfera” pela UNESCO, reconhecendo a riqueza de um ecossistema onde se procura conciliar a conservação da biodiversidade e o seu uso sustentável. Aqui pode visitar o Parque Temático da Madeira e a Reserva Natural da Rocha do Navio.

Para lhe acompanhar nos percursos a pé da Ilha, Levadas, recomendamos que use a APP “Walk me”, abaixo envio algumas das sugestões para conhecer.

Nota: verifique neste link em que estado se encontram os trilhos antes de iniciar a sua caminhada.

  • VEREDA DA PONTA DE SÃO LOURENÇO

    É sem dúvida um clássico da Ilha da Madeira, que nos leva até o ponto mais a este da Ilha. As magníficas vistas ilustram o contraste entre a agitação do mar do norte e a calma do mar do sul. No final, não deixe de visitar o Miradouro, a Casa do Sardinha e, se o tempo convidar, aproveite para refrescar com um mergulho no mar.

  • RABAÇAL – LEVADA DAS 25 FONTES E RISCO ou CALHETA – LEVADA DAS 25 FCONTES E RISCO

    A Lagoa das 25 Fontes e as respetivas cascatas. É um lugar mágico, onde pode descansar um pouco ao som da natureza ou, se o tempo convidar, aproveitar para refrescar com um mergulho.

  • VEREDA DO BALCÕES

    É um percurso acessível que à partida qualquer pessoa pode percorrer, para descobrir um recanto da Ilha que tem muito para oferecer, o o Miradouro dos Balcões onde é possível admirar uma vista fascinante dos vários picos da Ilha e também para observação de aves.

  • PICO DO AREEIRO – PICO RUIVO

    Não é um percurso fácil, sobretudo a nível físico devido às inúmeras subidas e descidas, mas a experiência de estar no topo da Ilha, muitas vezes por cima das nuvens, faz-nos sonhar, sentir-nos mais próximos do céu.

  • LEVADA DOS CEDROS

    Um caminho mágico em plena harmonia com a natureza, no final da levada, a cascata e as lagoas fazem deste o lugar perfeito para relaxar e absorver a boa energia da natureza.

  • LEVADA DO REI

    Esta é uma daquelas caminhadas que nos enchem os olhos e a alma, envolvendo-nos na natureza, no final, temos o Ribeiro Bonito, onde as quedas d'água e lagoas fazem deste um lugar único.

  • VEREDA DO FANAL

    Com um misto de paisagens e características do terreno, esta caminhada é uma verdadeira aventura pela natureza, num caminho revigorante que estimula todos os sentidos.

  • LEVADA DA RIBEIRA DA JANELA

    São cerca de 30km, com 9 túneis (um dos quais com quase 2km), mas há algo de especial em superar este caminho. No final, a subir a ribeira ao longo de cerca de 100 metros, poderão descansar e recarregar as baterias onde as grandes rochas formam lagoas lindíssimas.

  • LEVADA DOS TORNOS – BOAVENTURA

    Ao caminhar, entramos no coração da floresta laurissilva e vamos descobrindo a sua verdadeira beleza, rodeados do verde abundante da natureza.

  • LAGOA DO VENTO

    Com início na zona do Rabaçal, esta caminhada percorre uma pequena parte da Levada do Alecrim e nos leva a descobrir a Lagoa do Vento, um dos lugares mais bonitos da nossa ilha, com uma imponente cascata que cai do alto da rocha, formando a imensa lagoa.

  • LEVADA DO CALDEIRÃO VERDE

    Com início na Casa das Queimadas em Santana, o percurso segue em direção ao Caldeirão Verde onde nos deparamos com uma imponente cascata que cai desde o topo do “Caldeirão”, formando uma lagoa na qual apenas os mais aventureiros mergulham.

  • LEVADA DO ALECRIM

    Com início na zona do Rabaçal, no planalto do Paul da Serra, esta caminhada leva-nos até à Lagoa da D. Beja, num percurso pacífico, agradável e acessível a qualquer pessoa. A caminhada é curta e, por isso, é também ideal para fazer com crianças.

  • RIBEIRO FRIO – PORTELA

    Esta caminhada começa no Parque Florestal do Ribeiro Frio, muito visitado e conhecido pela criação de trutas. No final, visitamos o miradouro da Portela para apreciar a imponência da rocha da Penha D’Águia. D’Águia.